FRUIÇÃO E ESCRITA II ENJOYMENT AND WRITING

Um profissional do Bem – A Child Smile

_____________________________

A Child Smile

Please, use Google Translator

_____________________________

Muito se fala em responsabilidade social, responsabilidade sócio-ambiental, responsabilidade empresarial, responsabilidade cívica. Mas, o que significa isso?Responsabilidade pressupõe consciência, vontade, ação. Assim devem agir os nossos governantes, os nossos representantes no Legislativo, os integrantes do Judiciário, os empresários. Acima de tudo, assim devemos agir, nós, os cidadãos, os indivíduos que compomos a base da sociedade em que vivemos.Ao agirmos com ética e respeito às leis, ao cuidarmos de nossas famílias estamos sendo responsáveis. Porém, um aspecto que extrapola a simples responsabilidade é o exercício do Voluntariado.

É fácil ser responsável para cumprir as normas sociais básicas, o mais nobre será ir além e se engajar em ações voluntárias de ajuda e cooperação para melhoria do bem estar de nossos semelhantes. Um exemplo desse serviço voluntário eu tive a satisfação de testemunhar ontem na sede do Conselho Regional de Odontologia, no Rio de Janeiro, quando um grupo de profissionais de Odontologia recebeu placas que certificavam suas participações em uma atividade de voluntariado: criar motivos para que uma criança sorrisse.

É isso ai, cada voluntário cirurgião-dentista adota profissionalmente uma criança carente que necessite serviços odontológicos e lhe dá assistência odontológica dos 8 aos 18 anos de idade. Existem crianças que não sorriem, não freqüentam escola, nem grupos de sua idade por causa de seus problemas de cáries e suas conseqüências. Muitas crianças e jovens já voltaram a sorrir e retornaram ao convívio social após terem seus dentes recuperados e cuidados por um profissional voluntário pelos próximos anos.

Fazer uma criança feliz e sorridente não será só uma tarefa do dentista. Será que nós também estamos fazendo nossa parte?

Foto: ramosforest©

Anúncios

setembro 5, 2008 Posted by | infäncia, responsabilidade social, voluntariado | Deixe um comentário

Um profissional do Bem – A Child Smile

_____________________________

A Child Smile

Please, use Google Translator

_____________________________

Muito se fala em responsabilidade social, responsabilidade sócio-ambiental, responsabilidade empresarial, responsabilidade cívica. Mas, o que significa isso?Responsabilidade pressupõe consciência, vontade, ação. Assim devem agir os nossos governantes, os nossos representantes no Legislativo, os integrantes do Judiciário, os empresários. Acima de tudo, assim devemos agir, nós, os cidadãos, os indivíduos que compomos a base da sociedade em que vivemos.Ao agirmos com ética e respeito às leis, ao cuidarmos de nossas famílias estamos sendo responsáveis. Porém, um aspecto que extrapola a simples responsabilidade é o exercício do Voluntariado.

É fácil ser responsável para cumprir as normas sociais básicas, o mais nobre será ir além e se engajar em ações voluntárias de ajuda e cooperação para melhoria do bem estar de nossos semelhantes. Um exemplo desse serviço voluntário eu tive a satisfação de testemunhar ontem na sede do Conselho Regional de Odontologia, no Rio de Janeiro, quando um grupo de profissionais de Odontologia recebeu placas que certificavam suas participações em uma atividade de voluntariado: criar motivos para que uma criança sorrisse.

É isso ai, cada voluntário cirurgião-dentista adota profissionalmente uma criança carente que necessite serviços odontológicos e lhe dá assistência odontológica dos 8 aos 18 anos de idade. Existem crianças que não sorriem, não freqüentam escola, nem grupos de sua idade por causa de seus problemas de cáries e suas conseqüências. Muitas crianças e jovens já voltaram a sorrir e retornaram ao convívio social após terem seus dentes recuperados e cuidados por um profissional voluntário pelos próximos anos.

Fazer uma criança feliz e sorridente não será só uma tarefa do dentista. Será que nós também estamos fazendo nossa parte?

Foto: ramosforest©

setembro 5, 2008 Posted by | infäncia, responsabilidade social, voluntariado | 1 Comentário